O que cá se escreve não é para ser levado a sério!!!!

segunda-feira, 7 de abril de 2014

Esqueceram-se do Lápis Azul na Madeira!!!!

No outro post sobre jornalistas, houve quem fosse da opinião que eu estava contra os jornalistas.
 Mas é falso! e desde já um beijinho neste dia dedicado aos jornalistas...
Não estou contra os jornalistas, e nem mesmo, pelos jornalistas que foram referidos neste post.
Estou solidária com os baixos salários que auferem, pela precarização dos postos de trabalho e por aí adiante.
E até aconselho aos meus leitores a assinarem esta petição, Contra o despedimento coletivo no DIÁRIO de Notícias da Madeira. Eu já assinei!
Acompanho também o blog Domínio Público, blog escrito por jornalistas, e hoje quando saiu este post:


Na hora em que vi o post partilhei logo no facebook da Placa Central.

Na hora do atrapalhanço, dois miúdos em casa de férias, com jantar por fazer e uma máquina de roupa por estender...imprimi o post para ler, enquanto cozinhava, porque não tenho a bimby. E assim foi! lia a notícia e mexia a panela.

Entretanto dei banhos aos crianços e voltei para o computador, estava decidida em ajudar os jornalistas despedidos, abri o blog Domínio Público e voltei a reler a notícia, comecei a escrever o meu post, quando voltei ao blog dos jornalistas, a notícia tinha desaparecido por completo.

Ohhhhh diabos!!! o que se passa aqui? voltei a refrescar a página...nada...nada de nada...a notícia tinha-se evaporado. O post foi se a vida, nem tinha feito print scream do post, nunca, mas nunca, pensei que o post seria eliminado.


(Comecei logo a fazer toda uma teoria da conspiração na minha cabeça..."foram pressionados a retirar a notícia, isto não se faz!!! coitadinhos dos jornalistas que assinam com o seu nome o blog...devem ter recebido uns telefonemas ameaçadores? terão tido medo? terão vergado?, terão recuado?)

LEMBREI-ME!!! tinha a noticia imprensa!!!um golpe de sorte, a intuição feminina é do caneco!!! voltei para a cozinha remexi a cozinha toda, não encontrei! p*ta que pariu...onde coloquei a merda das folhas com a notícia???
Vou para a sala, não estava lá...fui ao quarto da minha mais nova....estava lá as duas folhas, todas riscadas..mas só no verso. A miúda tem a mania que é artista, e todas as folhas que encontra é para desenhos...mas tive sorte...só riscou o verso de cada página. (minha filha querida, vou seguir os conselhos do teu professor e passarás o resto das férias a fazer tabuadas e cópias)

Pego na máquina fotográfica, tiro as fotos a notícia...

Hahahah..queriam eliminar a notícia??? mas eu tenho o original...vou ao blog Domínio Público novamente...et voilá, o post estava lá novamente!!!

Querem ver que endoideci? querem ver que só vejo teorias rascas da conspiração na minha cabeça? querem ver que estou mesmo maluca?

Passaram-se  30 minutos...tinha desistido de publicar o quer que seja....já tinha batido com a cabeça na parede, já tinha escrito na agenda: "marcar consulta com o Dr.Saturnino-URGENTE".

Acalmei-me e fui ler a notícia novamente, quando percebi, que a notícia tinha sofrido uma acentuada operação de cosmética. A escrita estava mais suavizada. Palavras e frases como: "cereja no topo do bolo", "escândalo", "O logro chamado DJCB", "organismo tutelado pelo compadre",  "negócios de família", tinham desaparecido completamente.

Vamos lá comparar:





E é isto.....tirem as vossas conclusões...
O que interessa é que ainda não estou louca de todo!!!!

P.S- Se, amanhã não publicar nada no blog, por favor, na quarta-feira, realizem uma vigília com velas, balões e orações pela minha memória.

6 comentários:

Anónimo disse...

Eles não querem ser processados pelo Câmara!

Anónimo disse...

Muito bem apanhado senhora professora. Mas discordo do que diz. Para mim, os jornalistas com tomates assinam o que escrevem, os outros são meros bloguistas. Como a senhora professora gosta de dizer: diz-me com quem te deitas e eu dir-te-ei quem és! Descaiu-se nos pormenores e, pronto, agora já somos 6 (ou será 7 ou 8?) a saber!

Anónimo disse...

A impressora gritou muito ou foi só um gritozinho?

João Bafo de Onça disse...

Anónimo 8 de Abril de 2014 às 00:24, olhe que não sabe não!! Não é a senhora professora, ahahah!! Mas eu sei quem é!!

Mestre Perverso disse...

É como eu digo: já não há jornalistas como antigamente. E então nesta terra, onde abunda tanto escriba frouxo e vendido... Era pendurá-los pelo pescoço com um cabo de aço na ponta de uma auto-grua e vê-los a servir de iô-iôs. Mas parece que não convém, há qualquer coisa na Lei sobre isso. É pena.
Uma operação destas, para suavizar as verdades e não ferir susceptibilidades, demonstra bem como já não há verticalidade nem coragem para chamar os bois pelos nomes. Puseram lá aquilo, mas depois acagaçaram-se (ou untaram-lhes as patas, é o mais certo); destes jornalisteiros, é de esperar tudo, até permeabilidade ao factor C3 (Cunha, Compadrio, Corrupção). Se não fosse aqui a Placa Central a tomar providências, ainda que inadvertidamente, ia passar tudo despercebido. É isto que está a fazer falta, a vigilância cidadã.
Sim, é um escândalo. Sim, é um logro. E sim, isto tem que ser denunciado e atirado à cara dos responsáveis por tamanha bandidagem.

P.S.: Preventivamente, já tratei de disfarçar todos os vestígios das minhas actividades mais perversas, não vá a Placa Central armar-se em jornalista de investigação e deambular pelo underground, muahahahahah...

Anónimo disse...

Tanto espanto para nada porque o DN é como o JM refletido na água, só servem quem dá de mamar