O que cá se escreve não é para ser levado a sério!!!!

segunda-feira, 31 de março de 2014

QUEM SALVA O TEATRO MUNICIPAL BALTAZAR DIAS????

(Post para ler com os dedos cruzados e um galhinho de alecrim ao lado)

Eu tento, eu juro que tento diversificar os post no blog. Faço um enorme esforço para falar sobre outras coisas que não seja a Cagança. Mas as argoladas estão a ser muitas e cada vez piores. Pensava eu que nunca superariam a confusão do Festival Literário da Madeira, estava enganada redondamente!
Então hoje saí a público que o Teatro Municipal Baltasar Dias irá ser palco para uma sessão de lançamento do livro "Nada a Perder", de Edir Macedo, bispo da IURD (Igreja Universal de Deus), estão a ver qual é esta tal religião?
Esta igreja foi alvo de inúmeras queixas criminais, e em algumas vezes, até foram arquivadas (Que Deus é Grande e há-de saber o que faz).
Edir Macedo acusado de lavagem de dinheiro
IGREJA UNIVERSAL foi condenada a devolver a uma ex-fiel
Comissão vai à ONU acusar Universal de intolerância religiosa
IURD acusada de envio ilegal de verbas para o estrangeiro
Igreja Universal é condenada a indenizar ex-pastor acusado de roubar o dízimo

 Edir Macedo surge num vídeo a ensinar aos pastores como pedir dinheiro aos crentes. "Se você se mostrar chocho, o povo não confia em você. Você tem de falar como se fosse o super-herói do povo. Peça, peça... Se houver alguém que não dê, há um montão que vai dar",

Paulo Cafofô introduziu novas medidas inovadoras no Teatro Municipal Baltazar Dias assim que iniciou o seu mandato:

Este livro segue uma linha internacional bem estudada por esta enorme igreja, com lançamentos por quase todos os países, chegaram a vender 100 mil exemplares num dia, algo que chega a arrepiar até a medula:
Vejam as intermináveis filas, as pilhas de livros que cada pessoa leva nos braços para serem autografados, chegam, até distribuir vales para receber o livro, um cenário dantesco!!!



É MESMO ESTA LINHA DE QUALIDADE QUE CAFOFÔ TEM EM MENTE PARA O BALTAZAR DIAS?

Esta igreja tem a sua sede na Madeira, na Rua Brito Câmara, logo acima do Dolce Vita, adquiriram aquele prédio e remeteram para a CMF, um projecto de remodelação, que demorou 2 anos a ser aprovado...alegadamente por só ter 27 lugares de estacionamento. Agora entende-se o caos, que é sair do Funchal em hora de ponta por aquela rua, é só carros estacionados na faixa de rodagem., mas a vereação de Albuquerque acabou por dar licença para a reconstrução.
este era o projecto...
o edifício no fim das obras!!!



Reportagem na inauguração deste templo onde esteve presente albuquerque e joão jardim

Tendo este edifício capacidade para mais de 600 lugares sentados e o Baltazar Dias cerca de 300 lugares, qual foi a razão para aprovar o lançamento deste livro, NO TEATRO??
Constroem um monstro em pleno Funchal, entopem as principais artérias do Funchal e com uma corporação de bombeiros mesmo o lado e a governação da cagança ainda lhes cede o Teatro Municipal Baltazar Dias?

QUEM NOS SALVA DA IRA DE DEUS???

9 comentários:

Mestre Perverso disse...

De facto, com estes gajos da Muuudança é "cada tiro, cada melro", uma a seguir à outra. Não tarda muito e teremos as convenções da Tupperware ou as reuniões da Maleta Vermelha e, quem sabe, talvez o Congresso dos Dançarinos de Varão ou até o debate público "Engate de Rua vs. Escorting: avanços e recuos face aos desafios colocados pela sociedade actual à actividade da prostituição" a realizar-se no Teatro Municipal Baltazar Dias.
Já agora, que contrapartidas foram acordadas com a IURD? Realizar orações e correntes de louvor pelas nobres actividades da Muuudança? Benzer o Cafôfo e restante cáfila da vereação Muuudança? Um estágio à vereação Muuudança para aprender juntamente com os bispos e demais criaturinhas da IURD os mecanismos de aldrabice e endrominanço aos fiéis? Isentar de dízimo os funcionários da CMF fiéis da seita? Canalização de cabazes alimentares para o pelouro do desenvolvimento e inclusão social?
Ou será que decorrerá tudo numa saudável relação município-entidade religiosa (ainda que com actividades suspeitas e ligações ao crime)? Depois admirem-se se à conta de tanta calinada, um dia destes aparecer escarrapachado na Comunicação Social que a PJ andou a fazer rusgas à Câmara...

Placa Central disse...

hahahahah é demais este comentário bom ponto de vista

Anónimo disse...

Passados apenas seis meses da Mudança Socialista, e já vem a IURD para dentro do Teatro, quando esse culto tem um templo, logo acima.

Anónimo disse...

Cara autora

Pensava que os assuntos religiosos não interessavam à sua causa.
Afinal não foi Karl Marx que afirmou " A religião é o suspiro da criatura oprimida, o ânimo de um mundo sem coração e a alma de situações sem alma. A religião é o ópio do povo." ?

Placa Central disse...

olhe que primeiro sou católica! e os assuntos da religião tb me dizem respeito...e podia até mesmo ser ateia e continuavam a dizer-me respeito, tratando-se do Teatro Municipal.
Quanto ao senhor Karl Marx nunca li nada dele e nem sei se ele proferiu tais frases.

Anónimo disse...

Isto quando se começa a misturar religião com política, mesmo assim nestas coisas de livrinhos e ocasiões culturais, só pode dar um resultado: uma enorme bosta!

Placa Central disse...

exactamente uma real e enorme
B O S T A!!!

Anónimo disse...

Karl quê? Mas alguém ainda lê o que esse barbudo escreveu?
O que está a dar é Edir Macedo! Saravá, irmões!

Placa Central disse...

Saravá! para sí tb...ahahaha